hospital auxiliar de limpeza paciente covid-19 tosse
Reprodução/Reno Bove
Leito do Hospital Riviera

Uma auxiliar de limpeza do Hospital de Rivera, cidade do Uruguai ao norte do país, acusou um dos pacientes com Covid-19 de ter a assediado verbalmente, tossido propositalmente em seu rosto e a abraçado, neste domingo (5), enquanto ela limpava seu leito, segundo o jornal local Subrayado.

Leia também: Coronavírus no Brasil: acompanhe a situação no País em tempo real

O paciente com Covid-19 , um homem de 73 anos que havia viajado com sua esposa para Montevidéu, teria dito para a auxiliar de limpeza “quão bonita você é”, levantado de seu leito e abraçado ela, que o empurrou. Nesse momento, a uma distância de 50 centímetros, ele teria tossido propositalmente no rosto da funcionária, de acordo com o relato dela à polícia.

A primeira reação da funcionária, que estava de máscara e luvas, foi correr a emergência do hospital, onde ela realizou o exame para analisar se foi contaminada pelo vírus da Covid-19. Ela aguarda o resultado e enquanto isso permanece em quarentena, em sua casa. 

Leia também: De gripezinha a "não é tudo isso": vezes em que Bolsonaro minimizou coronavírus

O Ministério Público de Rivera está investigando o caso e aguarda o resultado do teste de Covid-19 para continuar a averiguação.


    Veja Também

      Mostrar mais