máscara
Reprodução/ mercado livre
As máscaras de tecido viraram alternativa na luta contra a Covid-19

Na manhã desta quinta-feira (02) o  Ministério da Saúde do Brasil indicou a fabricação de máscaras de tecido para a proteção contra a Covid-19 e parece que os Estados Unidos também irá indicar a seus cidadãos o uso dos EPIs caseiros.

De acordo com o Washington Post , a Casa Branca deve anunciar em breve o uso de máscaras de tecido ou qualquer proteção facial para os norte-americanos que precisem sair de casa em meio da pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2).

A orientação será para que todas as pessoas utilizem o equipamento, seja infectada ou saudável. A iniciativa tem como objetivo diminuir a propagação do vírus no ambiente.

Em um briefing da força-tarefa dos EUA, o presidente Donald Trump escreveu que “uma recomendação está sendo lançada”, mas “não acha que seja obrigatório. Se as pessoas quiserem usá-las, elas podem". O vice-presidente Pence, que chefia a força-tarefa, informou que as novas orientações serão divulgadas nos próximos dias.

A força-tarefa ainda avalia distribuir máscaras faciais reutilizáveis para os moradores das áreas mais atingidas pela pandemia. Para que o equipamento proteja corretamente é importante lavá-lo com água e sabão e passar com ferro quente antes de usar novamente.

Leia também: Brasil acertou! Suspensão de voos é medida eficaz contra a Covid-19

Apesar da medida, especialistas lembram que as máscaras não são eficazes se usadas sozinha e o distanciamento social ainda é a melhor maneira para evitar o contágio pelo novo coronavírus. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários