Coronavírus
Reprodução/NIAID-NIH
País ultrapassou a marca de mil casos de Covid-19.

O governo da África do Sul decidiu criminalizar a disseminação de Fake news sobre o novo coronavírus. Medida faz parte do plano de combate à Covid-19 elaborado e aprovado pelo presidente Cyril Ramaphosa.

Leia também: Argentina decreta fechamento total de fronteiras até o fim do mês

Além da criminalização, Ramaphosa determinou o isolamento obrigatório de toda a população. A medida tem a duração de 21 dias e permite saídas para fins específicos, como ir ao mercado e emergências de saúde. 

Para garantir que a população obdeceça a determinação, o presidente colocou o exército sul-africano para fiscalizar o isolamento. Atualmente, o país tem 1.170 casos e duas mortes causadas pelo novo coronavírus .  

    Veja Também

      Mostrar mais