Fronteira da Itália com a Áustria foi uma das primeiras a ser fechada, ainda no início dos contágios
TGCOM
Fronteira da Itália com a Áustria foi uma das primeiras a ser fechada, ainda no início dos contágios


A União Europeia decidiu, nesta terça-feira (17), fechar todas as fronteiras do bloco para tentar reduzir o contágio pelo novo coronavírus , causador da doença Covid-19 . A medida foi adotada depois de uma reunião entre líderes dos países-membros. Alguns deles já estava com fronteiras fechadas antes da reunião.

Em coletiva de imprensa, a chanceler alemã, A ngela Merkel , anunciou que a proibição terá efeito imediato.  Segundo Merkel, existem algumas exceções muito limitadas, como no caso de diplomatas e funcionários de saúde, que poderão circular entre os países.

Leia também: Após uma semana de isolamento, contágio por coronavírus desacelera na Itália

Além disso, será estabelecida uma via rápida nas fronteiras para manter a circulação de produtos. A proibição não será aplicada a cidadãos de Islândia, Liechtenstein, Noruega e Suíça, países-membros da Associação Europeia de Livre Comércio.

Após a reunião, também foram anunciadas ações coordenadas para trazer os cidadãos que estão fora da União Europeia de volta aos seus países. A implementação das novas medidas dependerá do comprometimento dos líderes europeus. "A implementação depende deles. Eles disseram que o fariam de imediato", disse Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários