Joe Biden de óculos escuros em púlpito
Reprodução/Instagram Joe Biden
Joe Biden é o favorito para conseguir a indicação democrata para as eleições presidenciais

O democrata Joe Biden conquistou as primárias nos estados da Flórida, Arizona e Illinois, que estavam em disputa nesta terça-feira (17), e abriu ampla vantagem contra seu concorrente, Bernie Sanders, na indicação do Partido Democrata para a disputa da Presidência dos Estados Unidos.

Leia também: "O mundo está em guerra com um inimigo oculto", diz Trump sobre coronavírus

Com uma ampla vantagem,  Biden teve 61,9% dos votos nas primárias na Flórida contra 22,8% do senador por Vermont. Já no Arizona, a disputa foi um pouco mais disputada, com o ex-vice de Obama tendo 43,6% das escolhas contra 31,6% do rival. Em Illinois, ele conquistou 59,1% dos votos contra 36,1% de Sanders.

O estado de Ohio também iria realizar suas prévias nesta terça, mas o avanço da epidemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2) fez o estado suspender a disputa.

Após ver os resultados positivos, Biden fez um pronunciamento online, sem a presença de público por conta das recomendações para evitar a propagação do vírus, para agradecer os votos dos norte-americanos.

"Em momentos de crise como esse, percebemos que precisamos colocar a política de lado e trabalhar juntos pelos americanos", afirmou referindo-se à pandemia e em mais um aceno em que deseja receber apoio dos eleitores de Bernie Sanders .

Leia também: Coronavírus: OMS pede "medidas mais ousadas" e países põem policiais nas ruas

Com as vitórias, segundo o site especializado Politico.com , Biden já conta com 1.147 dos 1.991 delegados necessários para ganhar a indicação do partido - contra 861 de Sanders.

    Veja Também

      Mostrar mais