Greta posando para foto junto com multidão arrow-options
Twitter/@GretaThunberg
Greta foi acompanhada por cerca de 15 mil jovens em protesto

A ativista sueca Greta Thunberg saiu às ruas nesta sexta-feira (17) da cidade de Lausanne, na Suíça , em mais um protesto contra as mudanças climáticas, antes de participar do Fórum Econômico Mundial em Davos , que acontece entre 21 e 24 de janeiro.

"Até agora, durante esta década, não vemos nenhum sinal de uma ação climática verdadeira", afirmou a jovem de 17 anos diante de milhares de pessoas, após a passeata. "Isso precisa mudar", acrescentou ela, dirigindo-se aos líderes mundiais.

Leia também: Pai de Greta Thunberg revela que ativista teve depressão

"Vocês ainda não viram nada, podemos garantir isso, e esta é a mensagem que levaremos ao Fórum Econômico Mundial na próxima semana em Davos", finalizou.

Greta chegou em Lausanne nesta manhã acompanhada por cerca de 15 mil jovens, que gritaram o slogan "Sem natureza não há futuro" e carregaram faixas com frases como "Vamos mudar o sistema, não o clima".

Leia também: Greta Thunberg: “Eu não teria perdido meu tempo” falando com Trump

Durante a manifestação, a multidão também fez referência aos trágicos incêndios registrados nos últimos meses na Austrália e ao recuo de geleiras. De acordo com os organizadores, o ato foi convocado para celebrar o primeiro aniversário do movimento "Fridays For Future" na Suíça.

    Veja Também

      Mostrar mais