Tamanho do texto

Na véspera do ano novo, uma mulher agarrou a mão do Papa e o puxou. Ele reclamou da abordagem e chegou a dar um leve tapa na mão da mulher

Papa Francisco arrow-options
Divulgação/Casa Rosada
Papa Francisco

Após ter dado no mês passado um tapa na mão de uma peregrina que o puxou bruscamente, o papa Francisco teve uma reação descontraída nesta quarta (8) ao aceitar o pedido de um beijo de uma freira.

Leia também: Ataque iraniano contra base militar norte-americana deixou 80 mortos, diz TV

Tudo começou no início da audiência geral, enquanto o pontífice andava pelo grande salão, onde milhares de pessoas o aguardavam, uma empolgada freira perguntou se Francisco daria um beijo nela.

Na oportunidade, o Papa aproveitou para fazer uma piada e aceitou, desde que a mulher prometesse não o morder. A brincadeira do Papa provocou riso nas pessoas que estavam próximas e o líder da Igreja Católica deu um beijo na bochecha direita da freira, que pulou de alegria e agradeceu o pontífice.

Durante um encontro com fiéis na Praça São Pedro, no Vaticano , na véspera do ano novo, uma mulher agarrou a mão direita do Papa e o puxou para perto de uma grade que o separava do público.

Leia também: Ataque iraniano foi "tapa na cara" dos EUA, diz aiatolá Khamenei

Francisco reclamou da abordagem e chegou a dar um leve tapa na mão da peregrina para se soltar, saindo visivelmente irritado. No dia seguinte do incidente, Francisco pediu desculpas pelo tapa, dizendo ter dado um "mau exemplo".