Tamanho do texto

Em resposta no Angelus nesta quarta-feira, um dia depois do ocorrido, Papa Francisco afirmou que “muitas vezes perdemos a paciência, inclusive eu”

homem em microfone arrow-options
Agência Brasil
Papa Francisco

O papa Francisco pediu desculpas nesta quarta-feira (1º) por ter dado um tapa na mão de uma mulher que o puxara bruscamente durante uma caminhada pela Praça São Pedro, Vaticano.

O episódio ocorreu na noite da última terça-feira (31), quando o líder católico passeava pela praça e cumprimentava fiéis. Em determinado momento, uma peregrina agarrou sua mão direita e o puxou para perto de uma grade que o separava do público.

Leia também: Peregrina deixa Papa irritado com empurrão; assista

Francisco então reclamou da abordagem e chegou a dar um tapa na mão da mulher para se soltar, saindo visivelmente irritado.

"Muitas vezes perdemos a paciência, inclusive eu, e peço desculpas pelo mau exemplo de ontem", disse o Papa no Angelus desta quarta. A mensagem foi dedicada à reconciliação e à paz e pediu para os fiéis "descerem do pedestal do orgulho".