papa
Agência Brasil
Papa Francisco fez a nomeação na última sexta-feira do ano

O papa Francisco nomeou nesta sexta (27) como novo arcebispo de Santiago o sacerdote espanhol Celestino Aós , que estava temporariamente a cargo da arquidiocese depois que a Igreja Católica no Chile foi abalada por um escândalo de abusos sexuais.

Leia também: Mulher é assassinada cinco dias após morte da filha de 1 ano

Com 74 anos, Aós havia sido nomeado como administrador apostólico em março passado, quando o cardeal Ricardo Ezzati apresentou sua renúncia, em meio a uma investigação, na qual é investigado por possivelmente acobertar casos de pedofilia cometidos por religiosos.

Ao assumir a nova função, o sacerdote espanhol ressaltou que buscará a verdade para fazer justiça às vítimas de abuso dentro da Igreja Católica no Chile .

Leia também: Vídeo flagra PMs atirando de dentro de viatura durante racha

"Buscaremos a justiça, a verdade, a ajuda aos denunciantes, às pessoas que sofrem [...] quando há um abuso, quando há um excesso, quando há um delito", disse ele. Além disso, Francisco nomeou Fernando Ramos Pérez, responsável por cumprir funções interinas em Rancagua, no sul da capital chilena, como arcebispo de Puerto Montt.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários