Avião
Reprodução/Facebook
Acidente aconteceu no aeroporto de Almaty

Um avião com 100 pessoas a bordo caiu na sexta-feira logo após decolar na cidade de Almaty, no Cazaquistão, e pelo menos 15 pessoas morreram. A bordo, a aeronave viajava com 95 passageiros e 5 tripulantes, segundo o governo.

Leia também: MEC diz que MP sobre reitores traz 'autonomia' e 'democracia' para universidades

O avião , um Fokker-100, sofreu a queda às 07H22 (01H22 GMT) depois de decolar às 07H05 do aeroporto de Almaty.

Tleuján Abildayev, do chefe do departamento de saúde pública de Almaty, a cidade mais populosa do país, disse que 66 pessoas ficaram feridas, das quais 50 foram hospitalizadas, 14 morreram no local.

Doze pessoas estão em um estado de "extrema gravidade", de acordo com a mesma fonte. A administração de Almaty também apontou que os serviços de emergência trataram oito crianças com "lesões múltiplas".

O aeroporto de Almaty publicou a lista com os nomes de cerca de sessenta sobreviventes em sua página no Facebook e indicou que ainda estava funcionando normalmente.

O Ministério do Interior anunciou que uma investigação será feita por "violação das regras de segurança e exploração de um meio de transporte aéreo".

Em uma mensagem de condolências postada no Twitter, o presidente Kassym-Jomart Tokayev também disse que "os responsáveis serão punidos severamente de acordo com a lei".

Leia também: Bolsonaro defende 'juiz de garantias' e rebate críticas: "não posso ser escravo"

O acidente ocorreu perto de Kzyl-tu, uma cidade localizada a nordeste do aeroporto da antiga capital cazaque e no coração econômico do país.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários