Tamanho do texto

Segundo a polícia, Akitoshi Okamoto teria usado telefones públicos para fazer milhares de ligações para ofender funcionários e reclamar de serviços

Telefone arrow-options
Pixabay/Creative Commons
Insatisfação com serviço telefônico teria motivado ligações.

Um homem de 71 anos foi preso no Japão  na semana passada após fazer aproximadamente 24 mil ligações para reclamar dos serviços prestados por uma empresa de telefonia. Segundo a polícia de Tóquio, Akitoshi Okamoto, teria feito centenas de ligações nos últimos oito dias para um número de atendimento da empresa KDDI.

Leia também: Presidente eleito do Uruguai reconhece tensão entre Bolsonaro e Fernández 

Apesar da quantidade de ligações, as autoridades suspeitam que o idoso tenha feito milhares de ligações para o número da operadora utilizando um telefone público. Nessas ligações, Okamoto teria ofendido funcionários e demonstrado insatisfação com a empresa.

Ainda segundo a polícia local, o idoso exigia que os funcionários se desculpassem por “quebra de contato” e desligava rapidamente após realizar as ligações. Okamoto foi detido sob a acusação de "obstrução fraudulenta de negócios”.