Evo Morales comemorou vitória e disse que soberania boliviana deve ser respeitada
Reprodução/Twitter/evoespueblo
Evo Morales comemorou vitória e disse que soberania boliviana deve ser respeitada

O Ministério das Relações Exteriores disse nesta sexta-feira (24) queo Brasil não reconhece, por enquanto, a reeleição de Evo Morales para o cargo de presidente da Bolívia. Autoridades brasileiras se juntaram à Organização dos Estados Americanos (OEA) e pedem uma auditoria completa do primeiro turno.

De acordo com o resultado, Morales é o vencedor virtual no primeiro turno. Com 99,96% das urnas apuradas, ele tinha 47,08% dos votos, 10,57 pontos percentuais à frente do adversário Carlos Mesa. Ele precisaria de 40% dos votos, com pelo menos dez pontos de diferença sobre Mesa para ser proclamado vencedor, tendo assim uma margem de 0,57%.

A eleição foi realizada no último domingo (20) e foi rodeada de polêmicas. Isso porque havia dois métodos de apuração. Um deles, o preliminar, era mais rápido, enquanto o outro, voto a voto, transcorria mais lentamente. O problema foi que os dois resultados divergiram.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários