Tamanho do texto

Empresa de tecnologia Gadgtek, de Taiwan, é a responsável pela criação. eRosary se conecta ao aplicativo de oração mundial do Vaticano via celular

erosary arrow-options
Divulgação
Tecnologia de ponta é um investimento do Vaticano para atrair fiéis mais jovens.

O Vaticano está usando estratégias tecnológicas para manter os fiéis. A última proposta é voltada para os adolescentes: um rosário de alta tecnologia que é ativado a partir do sinal da cruz.  A empresa de tecnologia Gadgtek, de Taiwan, é a responsável pela criação do aparelho que custa, em média, U$ 109.

O aparelho é composto por 10 contas de rosário, projetadas para envolver o pulso dos fiéis, assim como o rosário tradicional, segundo informações apuradas pela BBC. 

Leia mais: Idosa de 70 anos volta à vida momentos antes da cremação

Diferente do antecessor, o eRosary se vincula ao aplicativo de oração "Click To Pray" - Clique Para Orar, em livre tradução - que compõem a rede mundial de oração do Papa. Para fazer o dispositivo sincronizar, basta fazer o sinal da cruz vestindo o equipamento. 

Segundo o Vatican News, o eRosary é mais do que apenas um artifício tecnológico. Ele seria uma forma aliar o que há de mais inovador com o ensinamento de que os jovens devem espalhar o evangelho 'a partir da oração do rosário pela paz do mundo'. 

Leia também: Esqueletos de mulher e criança são achados na Torre de Londres

O usuário tem a possibilidade de escolher entre rezar o rosário padrão, um rosário contemplativo ou diferentes tipos de rosários temáticos, disponibilizados na plataforma digital e atualizados a cada ano. 

O aparelho também fornece explicações sonoras e visuais, além de conteúdo religioso original para orientar os usuários nas orações. O eRosary também é a prova d'água, compatível com Android e iOS e permite que a saúde seja monitorada por meio do aplicativo, como um relógio inteligente.