Turma, formada por 28 alunos de cerca de 10 anos, contava com 11 judeus
Reprodução/Google Maps
Turma, formada por 28 alunos de cerca de 10 anos, contava com 11 judeus

Uma professora de uma escola na cidade de Hertfordshire, no sul da Inglaterra, foi demitida no início desta semana após ameaçar os alunos durante a realização de uma atividade: caso eles não terminassem a lição, seriam enviados para uma câmara de gás. A classe, formada por 28 crianças de cerca de 10 anos, conta com 11 judeus.

Leia também: Imagens fortes! Câmera flagra sargento reformado da PM sendo executado no Rio

Segundo informações do jornal britânico The Sun, a professora , que não teve a identidade revelada, rapidamente tentou reverter a situação e afirmou que estava apenas brincando. Porém, quando a história chegou aos ouvidos dos pais dos alunos, eles se reuniram e foram até a Newberries Primary School e exigiram a demissão da docente. 

"Confirmamos que fomos informados do lamentável episódio, ocorrido na última sexta-feira, envolvendo um comentário anti-semita feito por uma professora. Garantimos que ela não retornará à escola e que realizaremos uma investigação completa para confirmar todos os fatos", informou a escola, por meio de nota.

No texto, a  Newberries Primary School afirmou também que "faz todo o possível para abraçar a diversidade" e que convocará líderes religiosos da região para falar sobre a importância de respeitar as diferentes crenças e ajudar os jovens a entender mais sobre o tema.

Leia também: Joice Hasselmann critica fala de advogada de Bolsonaro: "amadorismo monstruoso"

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários