Três homens
Wikimedia Commons
Ex-presidente francês traçou longos anos de carreira política

O ex-presidente da França Jacques Chirac, um dos líderes mais longevos da política europeia, ocupando cargos entre 1995 e 2007, morreu nesta quinta-feira (26), aos 86 anos, de acordo com anúncio feito pela sua família.

"Ele morreu cercado por entes queridos. Pacificamente", declarou o genro do ex-político, Frédéric Salat-Baroux, esposo de Claude Chirac . As causas da morte não foram divulgadas, mas o conservador já havia sido hospitalizado diversas vezes, nos últimos anos, após ser vítima de um derrame em 2005. Ele fazia raras aparições.

Leia também: Cidade francesa obriga que todo cidadão seja feliz durante o mês de outubro

Após o anúncio da família, a Assembleia Nacional fez um minuto de silêncio em homenagem ao ex-mandatário francês. Chirac foi prefeito de Paris por 18 anos, de 1977 a 1995, e ocupou o cargo de presidente entre 1995 e 2007.

Uma das principais reformas políticas de seu governo foi reduzir o mandato presidencial de sete para cinco anos e abolir o serviço militar compulsório Apesar de ter deixado o país com grandes dívidas e totalmente dividido, o conservador também foi responsável por adotar o euro e pela forte oposição à invasão do Iraque liderada pelos Estados Unidos em 2003.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários