Planeta

Massa Terrestre estaria a 1,5 quilômetros de profundidade do sul da Europa
Reprodução/Nasa
Massa Terrestre estaria a 1,5 quilômetros de profundidade do sul da Europa



Um Estudo da Universidade de Utrecht, na Holanda, descreveu um novo continente  que teria colidido com o Sul da Europa entre 120 e 100 milhões de anos atrás chamado Grande Adria. De acordo com pesquisadores, ele tem mais ou menos o tamanho da Groenlândia.

Há cerca de 200 milhões de anos, a Terra era formada por dois grandes continentes , Laurásia e Gondwana. Laurásia deu origem à Europa, Ásia e América do Norte, e Gondwana, ao Sul, que deu origem à África, Antártida, América do Sul e Austrália. Segundo a pesquisa, Grande Adria teria se soltado de Gondwana há cerca de 240 milhões de anos, e foi se aproximando do que hoje é o Sul da Europa, pelo movimento das placas tectônicas.

Leia também: Marinha dos EUA confirma autenticidade de vídeos de OVNIs; assista

A maior parte de Grande Adria foi deslizando por baixo do continente europeu, a uma velocidade de 3 ou 4 centímetros por ano, mas algumas rochas ficaram por cima da superfície terrestre . A pesquisa estima que o continente perdido esteja a 1,5 mil quilômetros de profundidade.

Leia também: Projeto Ártemis: conheça a audaciosa missão dos EUA para colonização da lua

Os pesquisadores passaram 10 anos estudando a geologia de 30 países europeus para encontrar os vestígios do continente perdido. A maior parte de Grande Adria está enterrada no Sul da Europa, mas ainda é possível ver seus vestígios em algumas montanhas, como nos montes Tauru, na Turquia.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários