Tamanho do texto

Não há informações a respeito de vítimas ou de qualquer pedido de evacuação da região; aeroporto foi fechado por conta do fenômeno

Imagem do vulcão Etna expelindo nuvens nesta véspera de Natal foi flagrada por um passageiro de um avião na Itália
Giuseppe Aliano/Weather Sicily
Imagem do vulcão Etna expelindo nuvens nesta véspera de Natal foi flagrada por um passageiro de um avião na Itália

Localizado no sul da Itália, entre as províncias de Messina e Catania, o vulcão Etna, na Sicília, entrou em erupção na tarde desta segunda-feira (24). Um dos mais altos do mundo, o vulcão possui aproximadamente 3,3 mil metros de altitude e, desde cedo, estava expelindo fumaça.

Leia também: Erupção de vulcão é possível causa de tsunami mortal na Indonésia; veja vídeo

Sua erupção foi confirmada pelo Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia da Itália. De acordo com o órgão, o vulcão intensificou suas atividades e entrou em plena erupção há quatro dias. Durante o fenômeno, o vulcão Etna espeliu lavas e cinzas.

Para ainda hoje, foi convocada, na Itália, uma reunião da Divisão de Crises. A intenção é amenizar a preocupação das autoridades e dos cidadãos a respeito do vulcão. Ao todo, foram registrados 130 tremores de terra com variações de 2 a 6 quilômetros de profundidade.

O instituto acompanha a erupção em parceria com o Departamento de Proteção Civil (DPC) e autoridades da área.

Devido às atividades do vulcão, o aeroporto da província de Catânia foi fechado, mas foi reaberto ainda nesta segunda, véspera de Natal . Agora, o aeroporto opera normalmente, aparentemente sem prejuízos para os passageiros em trânsito, que se preparam para as festas de fim de ano.

Leia também: Sobe para 373 número de mortos por tsunami na Indonésia

Não há informações sobre vítimas nem a respeito de qualquer pedido de evacuação na região.

De acordo com fontes locais, uma fratura eruptiva se abriu pela manhã na base da cratera sudeste do vulcão. Isso significa que o vulcão entrou em erupção hoje cedo. 

Leia também: Sobe para 69 o número de mortos após erupção do Vulcão de Fogo na Guatemala

Os sensores do Instituto de Geofísica e Vulcanologia local registraram, a partir das 9h de Roma (o equivalente às 6h no horário de Brasília), uma série de movimentações sísmicas no vulcão Etna , sendo a mais forte de quatro graus de magnitude na Sicília. 

* Com informações da Agência Ansa.