O pai das gêmeas Sophia e Vasiliki vem procurando suas filhas desde os primeiros dias de fogo na Grécia
Reprodução/Facebook
O pai das gêmeas Sophia e Vasiliki vem procurando suas filhas desde os primeiros dias de fogo na Grécia


O grego Giannis Filipopoulos não tem paz desde a última segunda-feira (23), quando, às 18h20, perdeu o contato com suas filhas de nove anos, Sophia e Vasiliki. As duas, que são irmãs gêmeas, estavam passando as férias escolares na casa dos avós, em Rafina, quando a região foi tomada pelo fogo na Grécia . Desde então, estão desaparecidas.

Angustiado por não saber o paredeiro das filhas, Filipopoulos sentiu uma chama de felicidade no fim da noite da segunda, quando viu uma reportagem na televisão, mostrando uma família que estava sendo resgatada do fogo na Grécia , na mesma região em que suas filhas estavam. Na TV, suas filhas pareciam estar entre os tripulantes de um barco com resgatados.

Porém, nesta quinta-feira (26), as autoridades gregas confirmaram publicamente que as meninas vistas no vídeo não são as filhas de Filipopoulos. Segundo a imprensa grega, o homem que acompanha as crianças no barco foi identificado e questionado pelas autoridades. Ele disse e comprovou que as crianças do vídeo são suas filhas.

Apesar do alarme falso, as buscas pelo paradeiro das gêmeas segue à tona. Além delas, os seus avós também são procurados. Sensibilizado pela história de Filipopoulos, o governo, inclusive, emitiu um alerta nacional em busca das meninas desaparecidas nos incêndios na Grécia .

Você viu?

Leia também: Sobe para 80 o número de mortos nos incêndios na Grécia; resgate é intensificado

Esperando o pior dos resultados, Giannis Filipopoulos chegou a procurar por suas filhas e por seus pais em hospitais e até no instituto de medicina legal da Grécia , mas nada foi encontrado. Mesmo com amostras do seu DNA, nenhuma vítima mortal encontrada até então foi considerada sua parente. 

O número de mortos no incêndio na Grécia  subiu para 85 nesta quinta-feira. Os trabalhos de resgate foram intensificados ontem em busca de sobreviventes e de desaparecidos. Oficiais afirmam que agentes de socorro estão passando de casa em casa e de carro em carro dentro das comunidades atingidas pelo fogo. 

Leia também: Trump declara estado de emergência após primeira morte em incêndio na Califórnia

Pelo menos dois terços das casas no distrito de Maratona estão destruídos, incluindo o resort Mati – um dos imóveis afetados pelo fogo na Grécia . "De 1,9 mil casas em Mati e de 1,1 mil em Neo Voutzas, dois terços foram queimados", apontou Psinakis.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários