O helicóptero resgatado em Nova York, no East River (Rio Leste), perto da Ilha Roosevelet, nessa noite de domingo, havia deixado duas mortes, inicialmente, quando houve a manifestação do porta-voz do prefeito da cidade, Eric Phillips. Na madrugada desta segunda, o número subiu para cinco mortes. Os três sobreviventes hospitalizados não resistiram.

A aeronave caiu no rio e virou logo em seguida, conforme imagens de uma pessoa que passava pelo local. O acidente envolvendo o modelo Eurocopter AS350 ocorreu por volta das 19h no horário local (20h em Brasília) e tinha cinco passageiros. O piloto se salvou, mas duas ficaram presas e não conseguiram sobreviver. Outras três foram hospitalizadas em estado grave, segundo a imprensa local.

O helicóptero levava turistas e tinha acabado de sobrevoar a Estátua da Liberdade, quando caiu no rio. As buscam foram rápidas, uma vez que havia uma correnteza de 6,4 km/h e a temperatura era inferior a 4º graus, segundo o comissário do Corpo de Bombeiros de Nova York.

Daniel Nigro, do Corpo de Bombeiros de Nova York, fala sobre as buscas
Reprodução
Daniel Nigro, do Corpo de Bombeiros de Nova York, fala sobre as buscas


A Federal Aviation Administration investiga as causas do acidente com o helicóptero retirado do rio e levado a um heliponto próximo. A pessoa que passava pelo local e filmou a queda, John Magers, disse a CNN que começou a gravar pois tinha algo algo estranho com o helicóptero. Ele postou a filmagem em seu Twitter. "Eu o vi caindo na água. era incomum, mas não esperava que ele fosse bater".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários