Tamanho do texto

Explosivo foi encontrado durante uma construção no centro histórico de Augsburgo; essa será é a maior evacuação no país desde a guerra

Ao todo, 54 mil pessoas deixaram a cidade na manhã deste domingo. Bomba da Segunda Guerra foi encontrada na semana passada
Wikiwand
Ao todo, 54 mil pessoas deixaram a cidade na manhã deste domingo. Bomba da Segunda Guerra foi encontrada na semana passada

Milhares de moradores da cidade de Augsburgo, no sul da Alemanha, tiveram que abandonar suas casas e deixar para trás parte do Natal, neste domingo (25), devido ao desarme de uma bomba da Segunda Guerra Mundial. As informações são do jornal francês Le Monde .

LEIA TAMBÉM:  O segredo da correspondente que noticiou o início da Segunda Guerra

Ao todo, 54 mil pessoas deixaram a cidade na manhã deste domingo. Essa é a maior evacuação na Alemanha desde a Segunda Guerra Mundial. Pelo menos 900 oficiais participam da operação.

A bomba, que foi descoberta na semana passada, pesa 1,8 tonelada e a área de segurança ao redor dela tem um diâmetro de 1,5 quilômetro.

O explosivo foi encontrado durante uma construção no centro histórico da cidade e a polícia afirmou que o dia de Natal seria a melhor data para desarmá-la, visto que a cidade tem menos tráfego.

VEJA AINDA:  Morre enfermeira símbolo do fim da Segunda Guerra Mundial

A polícia não informou em quanto tempo a operação será finalizada, mas afirmou que a operação pode demorar até cerca de cinco horas.

De acordo com o Le Monde, escolas e quadras esportivas foram abertas para abrigar os que não tinham para onde ir. Os serviços religiosos na catedral medieval da cidade, conhecida por seu coral de crianças, foram transferidos para outra igreja.

"Hoje, eu apelo a todos que deixem, se possível, voluntariamente a região", disse o prefeito de Augsburgo, Kurt Gribl, em uma mensagem de vídeo publicada na conta oficial da cidade no Twitter. "Prestem atenção uns aos outros", acrescentou, pedindo que todos acompanhem a situação dos amigos e familiares nessa evacuação.

E MAIS:  Esconderijo de Anne Frank pode ter sido descoberto por acaso, diz estudo

Perguntado sobre a operação, um porta-voz da cidade reconheceu que a situação era incomum para um 25 de dezembro, dia de Natal.

Bombas não detonadas

Mais de 70 anos após o fim da Segunda Guerra Mundial, a Alemanha ainda é cheia de bombas não detonadas, relíquias do intenso bombardeio do grupos dos aliados, contra a Alemanha nazista. Por conta disso, encontrar uma bomba durante uma construção civil não é exatamente uma surpresa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.