Tamanho do texto

Tradicional missa começou por volta das 18h30 deste sábado, véspera de Natal; no mesmo discurso, o líder católico lembrou dos que sofrem no mundo

Papa Francisco iniciou a celebração da tradicional Missa do Galo
Reprodução/Youtube
Papa Francisco iniciou a celebração da tradicional Missa do Galo

Por volta das 18h30 deste sábado (24), noite de Natal, o papa Francisco iniciou a celebração da tradicional Missa do Galo, na Basílica de São Pedro, no Vaticano.

LEIA TAMBÉM:  Achou 2016 ruim? Falha em milagre com sangue de santo sugere que 2017 será pior, afirma crença católica

A Missa do Galo é uma das celebrações mais marcantes do ano no Vaticano, e conta com a presença de milhares de fiéis de Roma e do mundo inteiro, que se reúnem para celebrar o nascimento de Cristo.

Durante a missa, Francisco disse que o Natal virou “refém” da mundanidade. “Essa mundanidade fez o Natal de refém e precisamos resgatá-lo”, criticou o líder católico, referindo-se explicitamente às trocas de presentes que ocorrem na data.

No mesmo discurso, que fez parte da homilia da Missa do Galo, o Papa recordou dos principais problemas que atingem o mundo, como a crise imigratória, o terrorismo e as guerras.

VEJA AINDA: Você viu? Papa Francisco surpreende ao ligar e participar ao vivo de programa de TV

“Vamos nos deixar tocar pela criança do menino Jesus, mas também pelas crianças que não têm pais, pelas que vivem nos refúgios subterrâneos para escapar de bombardeios ou no fundo de uma embarcação, das que não têm o direito de nascer, das que não têm nas mãos um brinquedo, mas sim, uma arma”, afirmou o papa.

Francisco foi desejar feliz Natal a Bento XVI

Na última sexta-feira (23), o papa Francisco visitou o papa emérito Bento XVI na casa onde ele vive, a Mater Ecclesiae , imersa nos Jardins Vaticanos, para felicitá-lo pelo Natal. Essa visita é comum desde que Bento renunciou, em 2013. 

"O gesto se insere na simplicidade da relação entre o Santo Padre e o Papa emérito", comentou o Vaticano.

E MAIS:  Papa Francisco faz apelo contra a exclusão no mundo: "temos que acolher sem excluir"

Seguindo a tradição da igreja católica, o papa celebra neste sábado a Missa do Galo e, no próximo domingo, dia de Natal, ele fará a tradicional missa com a benção "Urbi et Orbi" ("À cidade de Roma e ao mundo").

* Com informações da Agência Ansa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.