Tamanho do texto

Rex Tillerson é CEO da multinacional de petróleo e gás ExxonMobil; o executivo também já recebeu a medalha da "Ordem de Amizade" da Rússia

Trump disse que escolheu um
Reprodução/Twitter
Trump disse que escolheu um "verdadeiro grande líder empresarial do mundo" para o cargo de secretário de Estado

O presidente eleito norte-americano, Donald Trump, confirmou nesta terça-feira (13) que o CEO da ExxonMobil, Rex Tillerson, será o seu secretário de Estado.

LEIA TAMBÉM:  Entenda como a eleição de Trump afeta a luta contra o racismo

A mídia local já especulava que o executivo assumiria a pasta responsável pela política externa do país durante o mandato de Trump . Nascido em 23 de março de 1952, no Texas, Tillerson irá suceder John Kerry, que é o secretário de Estado do presidente Barack Obama.

Tillerson é CEO da multinacional de petróleo e gás desde o início de 2006. Em 2013, ele recebeu a medalha da "Ordem de Amizade" da Rússia e é conhecido por suas boas relações com o presidente Vladimir Putin, um adversário declarado dos EUA em política externa.

Durante toda a campanha eleitoral à Casa Branca, Putin e Trump trocaram elogios
Reprodução/People
Durante toda a campanha eleitoral à Casa Branca, Putin e Trump trocaram elogios

Há quatro anos, assinou um acordo com Moscou para a perfuração petrofífera no Ártico avaliado em mais de US$ 300 milhões e o qual acabou sendo travado pelas sanções internacionais impostas à Rússia.

Tillerson também tem em seu currículo declarações contrárias sobre políticas contra aquecimento global. "O mundo vai ter que continuar usando combustíveis fósseis, gostem ou não", disse o engenheiro civil. Esses fatores podem atrapalhar a confirmação de Tillerson no cargo de Secretário de Estado pelo Congresso norte-americano.

VEJA AINDA:  Após vitória de Trump, “Bolsonaro 2018” é um dos assuntos mais comentados na web

A lista de candidatos a secretário de Estado tinha oito nomes, como o republicano Mitt Romney, que também tentou concorrer à Casa Branca, e o ex-prefeito de Nova York Rudolph Giuliani.

A ExxonMobil opera em mais de 50 países e explora petróleo e gás natural em seis continentes.

No Twitter, o presidente eleito dos Estados Unidos reafirmou a sua escolha, dizendo que escolheu um "verdadeiro grande líder empresarial do mundo" para o cargo.

Romney foi cogitado

Em novembro, quando Mike Pence, o vice-presidente de Trump, informou que a prioridade do novo governo será primeiramente "abolir", nas palavras dele, as medidas do "Obamacare", ele afirmou também que o republicano Mitt Romney estava sendo cogitado por Trump para o cargo de secretário de Estado .

Mitt Romney é um empresário e político americano que concorreu pelo Partido Republicano, contra Barack Obama, nas eleições de 2012 dos Estados Unidos, em que acabou perdendo. De acordo com Pence, Trump se encontrou com Romney  em Nova York e tiveram uma "boa conversa". "Sei que Romney é considerado ativamente por Trump como o futuro secretário de Estado", havia dito o futuro vice-presidente.

* Com informações da Agência Ansa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.