Tamanho do texto

Após nomeação de Donald Trump como "personalidade do ano" pela revista "Time", diversas teorias sobre a imagem do magnata espalharam na internet

Na última quarta-feira (7), a revista norte-americana “Time” surpreendeu o mundo ao nomear o polêmico presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, como personalidade do ano. Mas, desde então, alguns internautas passaram a compartilhar teorias, no mínimo estranhas, sobre a capa da revista. 

LEIA MAIS:  De favores políticos à repressão da imprensa: a queda da presidente sul-coreana

Uma das que vêm mais intrigando os internautas, porém, não é tão óbvia assim. Afinal, nem todo mundo consegue encontrar algo "diferente" ao olhar por cima dos ombros do magnata, nem perceber nada de diferente na maneira como Trump  está sentado na capa da revista. 

Primeiro, analise a capa da revista:

Revista nomeou Trump como personalidade do ano e ironizou que país vive como
Reprodução/Time
Revista nomeou Trump como personalidade do ano e ironizou que país vive como "Estados Divididos da América"

Olhe mais perto, para a cabeça de Trump. Notou algo estranho? Então, foque na letra “M”.  Percebeu? A ideia de alguns internautas é de que a revista “Time” teria colocado um par de chifres na cabeça do próximo residente da Casa Branca?

Essa é  discussão que domina as redes. 





"Isso é algo aterrorizador mas fenomenal", comentou uma internauta no Twitter. 

E aí, o que você acha da imagem? Concorda com as "segundas intenções" da revista - ou acha que é só mais uma teoria da conspiração boba?

Nomeação Polêmica

O título da "Time" é concedido à pessoa que mais influenciou o mundo no ano, tanto para melhor ou para pior. Em 2016, havia 11 finalistas à homenagem, mas a publicação informou que a decisão foi "inevitável" após a vitória de Trump nas eleições de 8 de novembro contra a democrata Hillary Clinton.

LEIA MAIS:  "Namoro" instável de Trump e Putin coloca em risco alianças globais

"No caso de Trump, ele fez o mundo melhor ou pior? Seu desafio é que o país está profundamento dividido sobre esta resposta", comentou a "Time", que o definiu como o "presidente dos Estados Divididos da América".

"É uma grande honra", comentou Trump, em entrevista à rede NBC, sobre a capa e o prêmio recebido. 

O magnata se candidatou à presidência dos Estados Unidos pelo Partido Republicano, do qual desbancou seus principais nomes nas primárias. Visto como vencedor "improvável" e centro de uma série de polêmicas, Trump conseguiu ser eleito por número de delegados, enquanto Hillary, candidata pelo Partido Democrata, venceu no voto popular.

LEIA MAIS:  "Não podemos repetir a guerra", diz premiê japonês nos 75 anos de Pearl Harbor

A eleição de Trump gerou preocupação no mundo todo já que sua campanha eleitoral foi marcada por promessas isolacionistas e xenofóbicas.

* Com informações da Agência Ansa e do jornal britânico "The Mirror"

    Leia tudo sobre: Donald Trump
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.