Tamanho do texto

Segundo o Hospital Policlínico Universitário Agostino Gemelli, o britânico de 74 anos "está em boas condições de saúde" e já voltou para o Reino Unido

Físico e matemático Stephen Hawking sofre de esclerose lateral amiotrófica (ELA), doença que o imobilizou
Shuttersock
Físico e matemático Stephen Hawking sofre de esclerose lateral amiotrófica (ELA), doença que o imobilizou

O físico e matemático britânico Stephen Hawking, de 74 anos, recebeu alta do Hospital Policlínico Universitário Agostino Gemelli, em Roma, neste sábado (3), após se submeter a exames médicos .  Ele havia sido internado na noite da última quinta-feira (1º).

Segundo o hospital, Hawking "está em boas condições de saúde" e já voltou para o Reino Unido. O físico visitou a capital italiana para participar da assembleia plenária da Pontifícia Academia de Ciências do Vaticano, que discutiu os impactos da ciência sobre a sociedade e o meio ambiente. No início da semana, o britânico, um ateu declarado, foi recebido pelo papa Francisco.

O britânico sofre de esclerose lateral amiotrófica (ELA), doença que o imobilizou e fez com que precisasse se comunicar por meio de um sintetizador de voz. A ELA é um doença degenerativa do sistema nervoso, que acarreta em paralisia motora progressiva, irreversível, de maneira limitante, sendo uma das doenças mais temidas do mundo. 

LEIA MAIS:  Gene ligado a doença de Stephen Hawking é descoberto após desafio do gelo

Os músculos dos portadores dessa doença param de trabalhar gradativamente.  O fator mais preocupante é quando a doença atinge os músculos do peito, o que faz com que o portador passe a ter dificuldade para respirar.

Causas

As causas da ELA podem estar relacionadas a diversos fatores. Um deles é a mutação genética, que pode levar à doença herdada, aparecendo quase idêntico à forma não herdada.

O desequilíbrio químico é outro fator já que as pessoas com ELA têm, geralmente, níveis de glutamato mais elevados do que o normal. Essa substância é um mensageiro químico no cérebro, localizado em torno das células nervosas em seu fluido espinhal. O excesso de glutamato é conhecido por ser tóxico para algumas células nervosas

A vida de Hawking foi retratada no filme "A Teoria de Tudo" , que rendeu a Eddie Redmayne o Oscar de melhor ator.

* Com informações da Agência Ansa

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.