Tamanho do texto

Jovens fugiram de casa após brigar com os pais e abriram fogo contra a polícia; após longo tiroteio transmitido pela internet, eles se mataram

BBC

Casal de adolescentes abriu fogo contra os policiais durante horas e transmitiu atauqe ao vivo pela internet
BBC
Casal de adolescentes abriu fogo contra os policiais durante horas e transmitiu atauqe ao vivo pela internet



Um cerco policial terminou em tragédia em um remoto vilarejo no oeste da Rússia. Um casal de adolescentes abriu fogo contra os policiais durante horas, em um ataque que foi acompanhado ao vivo pela internet por parentes, amigos e centenas de pessoas. As forças especiais russas invadiram a casa e disseram ter encontrado os jovens mortos.

LEIA MAIS:  O que mudou com Temer nos programas sociais como o Bolsa Família

O drama dos namorados Denis e Katya, de 15 anos, aconteceu em Strugi Krasnyyeo, de pouco mais de oito mil habitantes, na região de Pskov. Eles fugiram de casa depois de uma briga com a família.

A transmissão pelo Periscope - um aplicativo de streaming de vídeo ao vivo para celular - feita pelos adolescentes foi exibida na última segunda-feira pela emissora estatal "NTV".

No vídeo, o casal ri muito e parece estar embriagado. O rapaz faz vários comentários, enquanto atira contra uma van da polícia. Em determinado momento, ele conta que havia matado a tiros dois cachorros.

Durante o cerco, o casal também postou fotos no Instagram, a rede social online de compartilhamento de fotos e vídeos. Eles também divulgaram duas mensagens de despedida.

A polícia afirma que não reagiu e garante que apenas tentou convencer o casal a se render. Os corpos tinham "sinais claros de suicídio", afirma a nota oficial da corporação.

Os policiais falaram com os adolescentes por telefone até eles pararem de atender as ligações. De acordo com os investigadores, neste momento Denis matou a namorada e depois cometeu suicídio.

Casal também postou fotos e mensagens de despedida no aplicativo Instagram antes de se matarem após o tiroteio
BBC
Casal também postou fotos e mensagens de despedida no aplicativo Instagram antes de se matarem após o tiroteio


Armas do padrasto da namorada

Katya chegou a contar aos policiais que eles haviam conseguido as duas espingardas, uma pistola e munição depois de arrombar o cofre do padrasto dela, que havia servido às forças especiais do país.

Os namorados viajaram até o sítio da família de Katya de ônibus, com dinheiro roubado da mãe dela. Eles entraram na casa depois de quebrar uma janela.

LEIA MAIS:  6 promessas de campanha que Donald Trump mudou após eleito

A polícia interrogou os pais e colheu amostras de sangue dos jovens para saber se eles estavam sob influência de álcool e drogas. No vídeo do Periscope apareciam várias garrafas de bebida.

Katya contou no vídeo que fugira de casa com Denis três dias antes, depois de uma violenta briga com a mãe. Ela disse que pegou uma faca para se defender e que Denis atirou no quadril direito da mãe com uma arma de ar comprimido.

Durante cerco policial, os pais dos adolescentes foram até o vilarejo e fizeram apelos para que eles se rendessem
BBC
Durante cerco policial, os pais dos adolescentes foram até o vilarejo e fizeram apelos para que eles se rendessem


"Tudo começou quando briguei com minha mãe"

Durante o cerco policial, os pais dos adolescentes foram até o vilarejo e fizeram apelos para que eles se rendessem.

Katy filmou o momento em que Denis joga um televisor pela janela. As investigações mostraram que o jovem matava aula e tinha notas péssimas na escola.

"Tudo começou quando briguei com a minha mãe," diz Katya no vídeo.

A mãe e o padrasto tinham proibido que ela ficasse na rua até tarde, mas Katya saiu assim mesmo. "Eles me acharam de noite e me bateram muito. Na frente do Denis e da mãe dele. Aí, fui para casa, mas fugi de novo... nos escondemos aqui", disse no Periscope.

LEIA MAIS:  Garotinho preso: Entenda as acusações contra ex-governador do Rio

O site de notícias russo "Lenta.ru", um dos mais populares entre os internautas do país, publicou a mensagem de despedida que Denis e Katya postaram nas redes sociais durante o cerco policial. Os dois pareciam expressar uma angústia típica de adolescentes incompreendidos pelos adultos.

"Eu amei vocês, mas vocês não perceberam como destruíram a minha cabeça e a minha vida", diz a mensagem conjunta.

"Adeus a todos - amigos, família e conhecidos. Não se preocupem. Partirei de um jeito lindo. Boa sorte a todos na vida e, por favor, não tenham medo de viver o que vocês sentirem vontade. Uma vida de prazer é a melhor vida. Amo vocês".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.