Tamanho do texto

Pontífice comentou sua necessidade de estar em contato com as pessoas e assumiu seu lado travesso na adolescência : "levava bombinhas à catequese"

Em entrevista à publicação italiana, Papa Francisco afirma ter
Mazur/catholicnews.org.uk - 29.07.2016
Em entrevista à publicação italiana, Papa Francisco afirma ter "queda por senhoras" e quer descer do papamóvel


O Papa Francisco supreendeu seus seguidores mais uma vez nesta quinta-feira (10) ao declarar que "sente uma queda por senhoras animadas" em entrevista ao padre italiano Antonio Sparado, diretor da revista italiana Civiltà Cattolica.

LEIA MAIS:  Papa Francisco diz que Brasil atravessa "momento triste"

"Às vezes, tenho vontade de descer do papamóvel. Isso acontece muito diante das velhinhas. Tenho uma queda pelas senhoras idosas, especialmente aquelas que são mais animadas", afirmou o Papa , comentando sua necessidade de estar em contato com as pessoas e de "olhar dentro dos olhos".

LEIA MAIS:  Papa Francisco leva moradores de rua para passar dia em praia

Francisco ainda relembrou seu lado travesso na adolescência ao assumir que usava "bombinhas" em missas de catequese com crianças, na Argentina, país de origem do líder da Igreja Católica. 

Francisco ainda disse que, na sua adolescência na Argentina, levava
Mazur/ catholicnews.org.uk - 27.07.2016
Francisco ainda disse que, na sua adolescência na Argentina, levava "bombinhas" à catequese para assustar as crianças


Além disso, ele contou que, quando dava aulas de catequese para as crianças ou mesmo durante as homilias nas missas, montava um boneco em formato de "diabo" e enchia de bombinhas dentro. "As crianças sabiam e gritavam 'queimem o diabo'. Elas se divertiam", conta.

Desde que chegou à Roma, o pontífice tem se destacado por suas declarações que o deram o título de
Presidencia de la República Mexicana - 12.02.2016
Desde que chegou à Roma, o pontífice tem se destacado por suas declarações que o deram o título de "Papa Pop"


"Papa Pop"

Desde que chegou ao Vaticano, o pontífice tem se destacado por suas declarações que viralizaram na internet e o deram o título de "Pop".

Francisco chegou a se posicionar contra o machismo ao dizer que "o mundo no qual as mulheres são marginalizadas é um mundo estéril", também já se posicionando sobre a homofobia, defendendo que "se uma pessoa é gay e busca a Deus, quem sou eu para julgá-la?". 

LEIA MAIS:  Papa cai durante missa na Polônia

Em outubro, quando a ex-presidente Dilma Rousseff era julgada em um processo de impeachment, o líder religioso afirmou que o Brasil atravessa um "momento triste" e que não visitaria o país em 2017, como tinha sido cogitado sobre o roteiro de sua próxima viagem pela América Latina. 

O comentário do Papa sobre a situação política brasileira ocorreu durante a inauguração de uma estátua de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do país, nos Jardins Vaticanos, em Roma.

* Com informações da Agência Ansa

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.