Tamanho do texto

Jihadista Abu Bakr al-Baghdadi cobrou ainda ofensivas contra a Arábia Saudita e a Turquia e disse que EI é "único remédio" para proteger sunitas

Última gravação do líder do Estado Islâmico havia sido divulgada em dezembro; Abu Bakr al-Baghdadi estaria em Mosul
Reprodução
Última gravação do líder do Estado Islâmico havia sido divulgada em dezembro; Abu Bakr al-Baghdadi estaria em Mosul

O Estado Islâmico publicou na internet um áudio do seu líder, Abu Bakr al-Baghdadi, pedindo que seus seguidores sejam mais combativos no Iraque e que lancem ataques contra a Arábia Saudita e a Turquia.

No discurso, que leva o título "Isto é o que Allá e seu profeta nos prometeram", al-Baghdadi fala da ofensiva militar do Iraque contra Mosul, que é a capital do califado do Estado Islâmico. De acordo com ele, a operação iraquiana é "uma guerra contra os muçulmanos realizada pelos apoiadores das cruzadas e por judeus".

LEIA TAMBÉM: SUS cria 'glossário' para evitar zoeiras em cadastros e vira piada na internet

Provocando a rivalidade entre sunitas e xiitas, o líder do EI também disse que os xiitas estão "fazendo tudo que podem para tomar o poder do Iraque". Diante disso, al-Baghdadi disse que o fortalecimento do Estado Islâmico é o "único remédio" para proteger os muçulmanos sunitas e o Iraque.

A última mensagem de al-Baghdadi tinha sido divulgada em 26 de dezembro de 2015, há quase um ano. O novo discurso do "califa" vem em um momento em que o Estado Islâmico sofre derrotas sucessivas. Além da morte de jihadistas importantes dentro do grupo, o EI enfrenta a ofensiva militar iraquiana que tenta recuperar a cidade de Mosul, capital do califado.

Desde o dia 17 de outubro, as tropas iraquianas avançam em direção a Mosul com o apoio da coalizão internacional, guiada pelos Estados Unidos, e de países da região, além de grupos curdos e milícias xiitas. Nesta quarta-feira (2), uma fonte curda anunciou que al-Baghdadi estaria em Mosul e que, caso fosse morto, seria o "fim do Estado Islâmico".

LEIA TAMBÉM:  Estado Islâmico: saiba tudo sobre a história do grupo terrorista

    Leia tudo sobre: Estado Islâmico
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.