undefined
Reprodução/Daily Mail
Após receber um "sim", o namorado da jovem enviou uma foto dele mesmo com a calcinha da namorada

Apesar de condenado pela maioria das pessoas e por todas as mulheres, o assédio contra a mulher é um problema ainda longe de ser solucionado. Porém, alguns homens têm entendido o quanto tais comportamentos podem ser assustadores para as mulheres e agido, dentro de suas limitações, para acabar com isso. Um americano foi criativo nessa missão, ao tentar salvar sua namorada de uma situação constrangedora.

Ao perceber que sua namorada, Jéssica Davidson, 21 anos, estava sendo incomodada frequentemente por um internauta no Facebook, recebendo mensagens de cunho sexual, Karl Hughes, 28 anos, decidiu responder o pervertido com uma foto surpreendente: uma selfie dele mesmo, usando a calcinha da namorada. O caso aconteceu em Cleveland, nos Estados Unidos. As informações são do Daily Mail.

LEIA TAMBÉM:  Hillary cogitou Bill Gates e Tim Cook para vice-presidente

"Esse cara começou a mandar mensagens para ela depois que nos viu andando pela cidade. Estávamos eu, ela e nosso bebê recém-nascido", conta Hughes. "Ela me disse que isso já havia acontecido com ela, mas eu decidi que, dessa vez, iria me vingar", afirmou.

Enquanto Jéssica dormia ao lado do namorado, seu celular vibrava recebendo diversas mensagens do assediador. Hughes, então, decidiu perguntar ao internauta se ele gostaria de receber uma foto dele (fingindo ser Jéssica) usando só uma calcinha. Após receber um "sim", o namorado da jovem enviou uma foto dele mesmo com a calcinha da namorada.

"Sou alto, gordo e coberto por tatuagens. Com certeza, não era o que ele estava esperando", afirmou. Jéssica, mais tarde, soube do acontecido e achou a situação hilária. "Ele me chamava de ignorante por não respondê-lo. Porém, foi ele quem não disse mais nada após a foto. Deve ter ficado chateado", riu.

Apesar da brincadeira e de ter se livrado do assediador, pelo menos por enquanto, Jéssica afirma que vai abordá-lo pessoalmente, caso o encontre novamente na rua. "Vou ter que perguntar o que que ele pensava", disse a jovem. "Sobre a calcinha, não sei se voltarei a usá-la, acho que ficou muito larga", finaliza.

    Veja Também

      Mostrar mais