Tamanho do texto

Jovens foram detidos após comprar facas do tipo baioneta em um bairro do sudoeste de Sydney; segundo a polícia, ataque era "iminente"

Segundo a polícia, jovens estariam vinculados ou prestaram juramento de lealdade ao grupo Estado Islâmico
FBI
Segundo a polícia, jovens estariam vinculados ou prestaram juramento de lealdade ao grupo Estado Islâmico

Dois adolescentes de 16 anos foram indiciados, nesta quinta-feira (13), em Sydney, na Austrália, por estarem planejando um atentado terrorista no país. O ataque seria "inspirado em ações" do grupo Estado Islâmico (EI). As informações são da agência AFP.

De acordo com a polícia australiana, os jovens foram detidos após comprar facas do tipo baioneta em um bairro do sudoeste da metrópole australiana. Eles foram indiciados por "preparação de atos terroristas" e pelo "pertencimento" ao EI.

LEIA TAMBÉM:  Eleições nos EUA: os republicanos ainda podem desistir de Trump?

"Não dispomos de elementos específicos sobre o lugar onde seria realizado esse ataque, que era iminente", informou a subcomandante da Polícia do Estado de Nova Gales do Sul, Catherine Burn.

Ainda de acordo com a policial, os adolescentes estariam vinculados ou prestaram juramento de lealdade ao grupo extremista.

Nos últimos dois anos, 11 tentativas de atentado foram desmanteladas na Austrália. Em setembro deste ano, um homem também inspirado no EI foi indiciado em Sydney por agressão a faca contra um homem de 59 anos, que ficou gravemente ferido.

    Leia tudo sobre: estado islâmico