Tamanho do texto

Jovem de 16 anos prendeu cabelo em uma roda gigante que estava em funcionamento e teve todo seu couro cabeludo exposto em parque na índia

Momento em que amiga de jovem de 16 anos tenta ajudá-la a desprender o cabelo de roda gigante em movimento
The Sun/Reprodução
Momento em que amiga de jovem de 16 anos tenta ajudá-la a desprender o cabelo de roda gigante em movimento


Uma garota de 16 anos teve todo seu cabelo arrancado do couro cabeludo enquanto tentava tirar uma selfie em frente a uma roda gigante em um parque temático na Índia na segunda-feira (10).

Ao tentar tirar uma selfie , a jovem prendeu o cabelo na roda gigante que estava em funcionamento e só teria parado minutos depois. 

LEIA MAIS:  As formas absurdas de morrer ao fazer uma "selfie"

A cena dramática foi gravada por testemunhas que passavam pelo local e tentavam desprender e consolar a garota, que aparece em choque nas imagens enquanto seu couro cabeludo fica à mostra.

LEIA MAIS:  Passageiro tira selfie com sequestrador de avião egípcio

O incidente ocorreu em Barautt, uma pequena cidade a 40 quilômetros da capital indiana. Segundo autoridades locais, a vítima foi levada ao hospital e está em recuperação. 

Assita ao vídeo:


Selfies Perigosas

No ano passado, a Índia foi o país que mais teve mortes após tentativas de selfies no mundo. Segundo o jornal americano "The Washington Post", em 2015, 27 pessoas morreram em decorrência das "selfies perigosas". Metade das mortes ocorreram na Índia.

Entre os casos mais conhecidos estão o de um homem que morreu em frente a um trem em movimento e a de um alpinista, que caiu de um penhasco a mais de cem metros de altura enquanto se distraiu ao se autofotografar. 

Em setembro de 2015, um turista japonês morreu após cair das escadarias do Taj Mahal enquanto tentava tirar uma selfie em frente ao monumento histórico. Um de seus companheiros também tropeçou e quebrou uma perna.

LEIA MAIS:  Turista mata cisne ao tentar tirar selfie

Em nota, a polícia de Mumbai informou que já sinalizou doze áreas da cidade em que não será permitido tirar fotos, conhecidas como "no-selfie zones", depois que três adolescentes morreram ao cairem no mar Arábico enquanto tentava tirar fotos no topo de um penhasco.

O porta-voz da polícia de Mumbai afirmou à rede britânica "BBC" que deve elaborar medidas para reduzir o número de selfies em lugares turísticos e perigosos. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.