Agência Brasil

undefined
000_9193X
China eleva tom contra EUA por sistema antimísseis na Coreia

A China elevou o tom neste sábado (1º) contra os Estados Unidos por conta da decisão norte-americana de instalar sistemas de defesa antimísseis na Coreia do Sul. As informações são da Agência Ansa.

Um artigo publicado no Diário do Povo, jornal oficial do Partido Comunista da China, diz que os EUA “pagarão o preço” por “ameaçar os interesses estratégicos dos países da região”.

“Washington e Seul estão destinados a pagar um preço por isso e a receber um contra-ataque adequado”, diz o texto.

LEIA TAMBÉM: Guerra na Síria: hospital em Aleppo é atingido por bombas

Os sistemas de defesa serão instalados até o fim de 2017 em Seongju, 300 quilômetros ao sul da capital sul-coreana, em um campo de golfe do conglomerado Lotte Group. O objetivo da operação é desencorajar possíveis agressões da Coreia do Norte, que tem realizado recorrentes testes nucleares nos últimos meses.

No entanto, Pequim acredita que os antimísseis podem colocar em risco a segurança na península e alimentar as tensões com Pyongyang. “Como qualquer outro país, a China não pode ficar indiferente a questões de segurança que impactam em seus interesses primários”, afirma o Diário do Povo.

    Veja Também

      Mostrar mais