Tamanho do texto

Ahmad Khan Rahami responderá na Justiça por uso de armas de destruição em massa e explosivos em locais públicos; explosão deixou 29 feridos

Ahmad Rahami foi preso na segunda-feira após ser caçado pelo FBI; ataques ocorreram às vésperas de evento da ONU
Reprodução/FBI
Ahmad Rahami foi preso na segunda-feira após ser caçado pelo FBI; ataques ocorreram às vésperas de evento da ONU

O afegão naturalizado americano Ahmad Khan Rahami foi formalmente acusado nesta terça-feira (20) pela explosão de uma bomba que deixou 29 pessoas feridas  no bairro de Chelsea, em Nova York, no último fim de semana. 

Rahami, de 28 anos, responderá na Justiça por uso de armas de destruição em massa e explosivos em locais públicos. Anteriormente, ele já havia sido acusado de tentativa de homicídio e porte ilegal de armas.

O afegão colocou duas bombas em Nova York, mas apenas uma delas foi detonada. Além disso, ele deixou artefatos explosivos no percurso de uma prova de corrida  e em uma estação de Nova Jérsei.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.