Tamanho do texto

Duas pessoas estão internadas em estado grave; autoridades acreditam que explosão foi provocada por homem que tentava o suicídio, na cidade de Dijon

Entre as vítimas da explosão, duas estão hospitalizadas em estado grave de saúde e 12 apresentam ferimentos leves
Reprodução/Twitter - @FrancoisGrz
Entre as vítimas da explosão, duas estão hospitalizadas em estado grave de saúde e 12 apresentam ferimentos leves

Ao menos 20 pessoas ficaram feridas após uma explosão em um edifício na cidade de Dijon, na região leste da França, nesta sexta-feira (16).   

O prefeito da cidade, François Rebsamen, explicou em entrevista à emissora local "BFM" que a explosão "extremamente violenta" não teve motivações terroristas, no entanto.   

Segundo a procuradora da região, Marie-Christine Tarrare, o episódio provavelmente está ligado a um vazamento de gás. "Foi um acidente ou uma tentativa de suicídio", acrescentou.   

LEIA TAMBÉM:  Em primeira cúpula sem Reino Unido, UE discute imigração e risco de fragmentação
LEIA TAMBÉM:  Professora admite namoro e sexo com aluno de 17 anos nos EUA: "Ele me seduziu"

O responsável pela explosão seria um homem entre 50 e 60 anos que estava deprimido após o rompimento de um relacionamento amoroso.   

Entre as vítimas, duas estão hospitalizadas em estado grave de saúde, outras 12 apresentam ferimentos leves e as demais estão em estado de choque. Um centro de apoio provisório foi aberto nas imediações do prédio para atendê-las.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.