Tamanho do texto

Autoridades têm duas linhas de investigação sobre o caso. A primeira é que homem estava embriagado; já a segunda analisa se ele teve um mal súbito

Um motorista avançou contra uma procissão religiosa na cidade de Nule, em Sassari, na região da Sardenha, na madrugada desta sexta-feira (9) e atropelou 31 pessoas. O incidente ocorreu por volta da 1h (hora local) enquanto fiéis prestavam honras à Santa Maria Bambina.

Após o incidente, as pessoas avançaram para cima do motorista e o feriram com uma faca. Tanto o condutor como os feridos foram encaminhados para hospitais de Sassari, Nuoro e Ozieri, mas ninguém corre risco de morte.

Segundo a polícia local, o homem foi identificado como Costantino Francesco Gattu, 43 anos, veterinário na cidade de Orune. As autoridades trabalhavam com duas linhas de investigação sobre o caso. A primeira, é que o homem estivesse embriagado e teria perdido o controle do carro. Já a segunda analisava se ele teve um mal súbito ao volante.

Porém, após os resultados clínicos, ficou comprovado que o homem estava bêbado, com um volume de álcool no sangue cinco vezes maior do que o permitido.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.