Tamanho do texto

No ano passado, centenas de rebeldes fugiram do Paquistão para o país, sendo que parte deles era do grupo Movimento Islâmico do Uzbequistão

Estado Islâmico estabeleceu um campo de treinamento e recrutamento em uma província na fronteira com o Paquistão
Reprodução
Estado Islâmico estabeleceu um campo de treinamento e recrutamento em uma província na fronteira com o Paquistão

O Estado Islâmico, que tem aumentado sua presença no Afeganistão, estabeleceu um campo de treinamento e recrutamento em uma província localizada na fronteira com o Paquistão, informaram autoridades.

LEIA MAIS: Boko Haram divulga vídeo com meninas sequestradas em 2014

No ano passado, centenas de rebeldes fugiram do Paquistão para o Afeganistão, sendo que parte deles fazia parte do grupo Movimento Islâmico do Uzbequistão, que uniu forças com combatentes locais do Talibã para atacar as cidades afegãs do norte, como a Kunduz.

LEIA MAIS: Polícia investiga supostos tiros em shopping nos Estados Unidos

A campanha militar paquistanesa também fez com que cerca de 400 famílias leais ao Estado Islâmico fugissem para o Afeganistão, disseram autoridades afegãs. As famílias, em sua maioria árabes e chechenas, se instalaram na província de Zabul, no distrito de Khak-e-Afghan, ex-reduto do Talibã com um histórico de violência militante.

    Leia tudo sobre: Estado Islâmico

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.