Tamanho do texto

Manbij "está sob controle total" e as Forças Democráticas da Síria realizam operações de busca para encontrar extremistas que possam estar escondidos

Forças Democráticas da Síria iniciaram sua ofensiva para retomar Manbij no fim de maio, com o apoio de ataques aéreos
Reprodução
Forças Democráticas da Síria iniciaram sua ofensiva para retomar Manbij no fim de maio, com o apoio de ataques aéreos

Combatentes apoiados pela coalizão liderada pelos EUA retomaram o controle de Manbij, cidade no norte da Síria que até recentemente era um dos principais redutos do grupo Estado Islâmico, disse Nasser Haj Mansour, das Forças Democráticas da Síria, grupo formado predominantemente por curdos. Segundo Mansour, Manbij "está sob controle total" e as forças estão realizando operações de busca para encontrar extremistas que possam estar escondidos na cidade.

LEIA MAIS:  Bélgica prende três suspeitos de terrorismo e identifica possível homem-bomba

As Forças Democráticas da Síria iniciaram sua ofensiva para retomar Manbij no fim de maio, com o apoio de ataques aéreos da coalizão. A cidade era um importante ponto de ligação entre o califado autodeclarado na Síria e no Iraque e o resto do mundo. Além disso, fica em uma importante rota que abastece a capital do grupo Estado Islâmico, Raqqa.

    Leia tudo sobre: Estado Islâmico