Tamanho do texto

Belga Wassime A. e duas mulheres, Asma A. e B. Malika, passaram por interrogatório, mas não foram conectados com quaisquer plano terrorista

Bélgica permanece em alerta máximo desde os atentados suicidas em março, que deixaram mais de 30  pessoas mortas
Reprodução
Bélgica permanece em alerta máximo desde os atentados suicidas em março, que deixaram mais de 30 pessoas mortas

Autoridades belgas prenderam três suspeitos de terrorismo durante uma série de operações em Bruxelas, na Bélgica, nesta quinta-feira (11). Um deles pode ter sido um homem-bomba em recente ataque no Iraque.

LEIA MAIS: Alerta de bomba em aviões com destino à Bélgica leva a remanejamento de voos

O belga Wassime A. e duas mulheres, Asma A. e B. Malika, passaram por interrogatório, mas não foram conectados com quaisquer plano terrorista investigado até agora.

Durante a operação, oito casas em três distritos de Bruxelas foram vasculhadas, segundo promotores. Nenhuma arma ou explosivo foram encontrados.

Alerta

Dezenas de suspeitos foram presos na Bélgica ao longo dos últimos meses, enquanto o país permanece em alerta máximo desde os atentados suicidas em março, que deixaram mais de 30 pessoas mortas .