Tamanho do texto

Autoridades encontraram carro esmagado por pedras que pode ser de jovem que está desaparecido desde abril; número de vítimas pode chegar a 50

Terremoto ocorrido em abril deste ano provocou destruição na região de Kumamoto, no Japão
Creative Commons/Wikimedia
Terremoto ocorrido em abril deste ano provocou destruição na região de Kumamoto, no Japão

Quase quatro meses depois, a última vítima de dois fortes terremotos no Japão pode ter sido encontrada. As equipes de resgate encontraram algo que parecia um corpo em meio aos destroços de um carro enterrado sob pedras grandes na beira de um rio, informou a prefeitura da cidade de Kumamoto. Eles não conseguiram remover o corpo e vão tentar novamente nesta quinta-feira (11).

Fotos divulgadas pelo governo de Kumamoto mostraram um pedaço de um carro amarelo praticamente irreconhecível. Segundo a polícia, no entanto, o carro era um Toyota Aqua – o mesmo modelo de um estudante universitário que está desaparecido.

LEIA TAMBÉM:  Adolescente francesa é presa por suspeita de planejar ataques terroristas

Yamato Hikaru, de 22 anos, estava dirigindo para casa em um Toyota Aqua amarelo quando um terremoto de magnitude 7,3 ocorreu na manhã do dia 16 de abril. O terremoto foi o segundo tremor a atingir a área em dois dias. Se a morte de Yamato for confirmada o número de mortos sobe para 50.