Tamanho do texto

Presidente do país participou da manifestação deste domingo (7), que contou com cerca de 1 milhão de pessoas em Istambul, a maior cidade da Turquia

Populares vão às ruas de Istambul, na Turquia, em defesa da democracia e para marcar o fim da tentativa de golpe de Estado
Ozan Kose/AFP/Estadão Conteúdo - 7.8.16
Populares vão às ruas de Istambul, na Turquia, em defesa da democracia e para marcar o fim da tentativa de golpe de Estado

Cerca de 1 milhão de pessoas se reuniram nas ruas de Istambul, na Turquia, neste domingo (7) para protestar contra a tentativa fracassada de golpe de Estado contra o presidente Recep Tayyip Erdogan no dia 15 de julho .

Erdogan, que chegou de helicóptero, participou do ato "Pela democracia e os mártires" ao lado da esposa, Emine. O bairro de Yenikapi ficou inundado pelas cores vermelho e branco, da bandeira turca. O governo vem promovendo e encorajando diversos protestos pró-Erdogan após a tentativa de golpe.

No dia 15 de julho, uma ala do Exército saiu às ruas com tanques e caças para derrubar o governo de Erdogan. Apoiadores do premiê lutaram contra os militares e Ancara também respondeu à tentativa de golpe.

Os confrontos provocaram a morte de ao menos 271 pessoas. Após evitar o golpe, Erdogan afastou de seus cargos milhares de funcionários públicos, militares e membros de seu governo.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.