Tamanho do texto

Pontífice citou, em particular, o sofrimento na cidade de Aleppo, que é o centro da batalha entre rebeldes e forças leais ao governo de Bashar Assad

Papa lamentou as inúmeras mortes e a situação na Síria, com cerca de 300 mil pessoas sitiadas na região
Vincenzo Pinto/Agence France Presse - 29.05.16
Papa lamentou as inúmeras mortes e a situação na Síria, com cerca de 300 mil pessoas sitiadas na região

O Papa Francisco falou neste domingo sobre a guerra civil na Síria. Segundo o pontífice, as vítimas civis pagam o preço pela falta de desejo de paz dos poderosos.

"É inaceitável que tantos inocentes, incluindo tantas crianças, paguem o preço do conflito. O preço de corações fechados e da falta de desejo de paz dos poderosos", disse o Papa Francisco, após a sua tradicional bênção do Angelus na Praça de São Pedro.

LEIA MAIS: Governo da Turquia manda prender 90 militares das forças especiais 

O pontífice citou, em particular, o sofrimento na cidade de Aleppo, na Síria, que é o centro da batalha entre rebeldes e forças leais ao governo de Bashar Assad.

Ontem, o governo fechou a única estrada que liga partes controladas pelos rebeldes, ao norte da cidade de Aleppo, com o restante do país. Segundo alerta da ONU, cerca de 300 mil pessoas estão sitiadas na região. Fonte: Associated Press.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.