Tamanho do texto

Argelino de 33 anos, residente no País, entrou em delegacia do município de Charleroi com um machado, feriu dois policiais e depois foi morto

Autoridades tentavam não tratar o caso como um episódio motivado pelo terrorismo
Reprodução/Google Street View
Autoridades tentavam não tratar o caso como um episódio motivado pelo terrorismo

O Estado Islâmico assumiu a responsabilidade pelo ataque de um homem em uma delegacia de polícia no município de Charleroi, na Bélgica, realizado no sábado. O ataque com faca deixou duas policiais feridas e o homem responsável pelo ataque foi baleado e morto por policiais.

LEIA SOBRE O CASO: Homem ataca policiais com machado e deixa dois feridos na Bélgica

Segundo divulgado pelo grupo terrorista, o ato contra as duas oficiais foi realizado por um "soldado" e em resposta aos ataques da coalizão liderada pelos Estados Unidos no Iraque e Síria.

Autoridades belgas identificaram o homem como um argelino de 33 anos, residente na Bélgica desde 2012. Fonte: Dow Jones Newswires

    Leia tudo sobre: Estado Islâmico

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.