Tamanho do texto

Autor de ataque, morto no local, invadiu a delegacia gritando expressão em árabe que significa "Deus é grande", segundo informaram autoridades locais

Estadão Conteúdo

Delegacia atacada por homem armado com machado fica localizada no município de Charleroi, na Bélgica
Reprodução/Google Street View
Delegacia atacada por homem armado com machado fica localizada no município de Charleroi, na Bélgica

Dois policiais ficaram feridos neste sábado (7), após um homem atacar uma delegacia de polícia no município de Charleroi, na Bélgica.

De acordo com a emissora estatal RTBF, uma das policiais sofreu ferimentos graves no rosto e a outra teve ferimentos leves. Segundo as autoridades, um terceiro policial baleou o homem. O responsável pelos ataques, ainda não identificado, foi baleado e morreu em razão dos ferimentos.

As autoridades locais evitam tratar o caso como atentado terrorista. Em uma mensagem divulgada em seu perfil de Twitter, no entanto, a polícia belga afirmou que o homem gritava "Allahu akbar" ( expressão em árabe que significa “Deus é Grande”) quando realizou o ataque à delegacia. O município alvo do ataque tem 200 mil habitantes e fica ao sul da capital Bruxelas.

Na capital, o primeiro-ministro Charles Michel afirmou que as autoridades estão acompanhando de perto o caso. A Bélgica tem vivido uma série de atentados nos últimos dois anos. No mais sério deles, 32 pessoas morreram em ataques na capital.