Tamanho do texto

Democrata lidera, mas seu rival, Donald Trump, ganhou apoio depois do ataque à boate gay Pulse no início do mês, na Flórida

Reuters

Vantagem de Hillary reduziu para nove pontos percentuais
Mike Blake/Reuters - 5.6.16
Vantagem de Hillary reduziu para nove pontos percentuais

Hillary Clinton, candidata democrata a presidente dos Estados Unidos, reconquistou uma vantagem de dois dígitos sobre o seu rival republicano, Donald Trump, nesta semana, segundo pesquisa da Reuters/Ipsos divulgada nesta sexta-feira (24).

A pesquisa realizada de 20 a 24 de junho mostrou que 46,6% de prováveis eleitores norte-americanos apoiam Hillary, enquanto 33,3% preferem Trump. Outros 20,1% afirmam que não endossam nenhum dos dois.

Trump teve um aumento de apoio depois do ataque de 12 de junho em Orlando, na Flórida, quando ele reforçou a sua promessa de proibir muçulmanos de entrar no país, reduzindo a vantagem de Hillary para nove pontos percentuais.

Contudo, a ascensão de Trump parece ter sido somente temporária, diferentemente do que aconteceu na disputa entre os republicanos no ano passado depois dos ataques em Paris e San Bernardino (Califórnia).

A vantagem de 13,3 pontos percentuais de Hillary é praticamente a mesma que ela tinha antes do ataque de Orlando.

A pesquisa foi realizada pela internet e entrevistou 1.201 votantes de todos os 50 estados. Ela tem um intervalo de credibilidade, uma medida de precisão, de 3,3 pontos percentuais.

O ataque à boate gay Pulse, em Orlando, resultou em 50 mortos e deixou Democratas e Republicanos ainda mais divididos sobre o tema da imigração no país. Veja imagens:


    Leia tudo sobre: Donald Trump