Tamanho do texto

Mortes foram registradas na Alemanha e França; mais famoso museu do mundo, Louvre fecha para evitar estragos em obras

Vista da Torre Eiffel a partir do Sena, que transbordou com o maior temporal das últimas décadas
Pascal Rossignol/Reuters - 02.06.16
Vista da Torre Eiffel a partir do Sena, que transbordou com o maior temporal das últimas décadas

Ao menos cinco pessoas morreram vítimas da intensa onda de mau tempo que atinge a Europa nos últimos dias. As mortes foram registradas na Alemanha e na França, onde as chuvas fizeram rios transbordar, alagaram as ruas e fecharam comércios e museus. 

De acordo com levantamentos das autoridades, somente na Alemanha foram quatro mortes. Em Simbach, na Baviera, três mulheres – avó, mãe e filha – foram encontradas sem vida dentro da residência onde viviam. Na mesma cidade, três pessoas eram consideradas desaparecidas até a tarde desta quinta-feira (2).

Também em território alemão, foi encontrado o corpo de uma mulher de 80 anos próximo a um rio na cidade de Julbach. Outra idosa, cuja idade não foi identificada, morreu em Souppe-sur-Loing, ao sudoeste de Paris.

O Rio Sena, que corta a capital francesa, transbordou e obrigou as autoridades a isolarem uma ampla área em seu entorno. O Museu do Louvre, o mais visitado do mundo, anunciou que fecharia suas portas na sexta-feira (3) para transportar obras de seus depósitos e transportá-las para pisos superiores a fim de evitar estragos. O Museu D´Orsay, localizado nas proximidades, também anunciou ação semelhante.

Dezenas de cidades estão em situação de emergência e o quadro tende a piorar, já que segundo a meteorologia local, há previsão de chuvas intensas até o final de semana.  "São possíveis quantidades de mais de 40 litros por metro quadrado entre as próximas seis e 12 horas", divulgou em nota o Serviço Alemão de Meteorologia em Munique.

Avalanche em Braunsbach, na Alemanha; fortes chuvas no sul do país provocaram inundações
Deniz Calagan/Agence France Presse - 30.05.16
Avalanche em Braunsbach, na Alemanha; fortes chuvas no sul do país provocaram inundações