Tamanho do texto

Tiroteio ocorreu na Universidade da Califórnia, conhecida pela sigla UCLA, que tem mais de 40 mil estudantes em seu campus

Imagem da rede de notícias CNN mostra movimentação de policiais no campus da UCLA
CNN/Reprodução - 01.06.16
Imagem da rede de notícias CNN mostra movimentação de policiais no campus da UCLA

Dois jovens morreram em um assassinato seguido de suicídio em uma das maiores universidades dos EUA, nesta quarta-feira (1º). De acordo com a polícia de Los Angeles, o atirador, que matou um homem antes de tirar a própria vida, deixou um bilhete suicida no local, na mesma área onde a Seleção Brasileira de futebol treinaria horas depois. 

Antes de descoberto que havia ocorrido um suicídio, o campus chegou a ser fechado pela polícia para fazer buscas pelo atirador. Segundo o sargento Guilhermo Preciado, havia dois suspeitos em um primeiro momento da investigação, sendo um homem e uma mulher. "Mas não sabemos se são estudantes, professores ou invasores", afirmou o oficial.

O tiroteio ocorreu no prédio do curso de Engenharia da University of California - Los Angeles durante a apresentação de um trabalho de conclusão de curso.