Tamanho do texto

Exército do País se prepara para retomar território a oeste de Bagdá; último batalhão chegou na manhã deste domingo

Iraque aperta o cerco em torno dos combatentes do grupo Estado Islâmico em Fallujah
Ahmad Al-Rubaye / AFP
Iraque aperta o cerco em torno dos combatentes do grupo Estado Islâmico em Fallujah

As forças especiais iraquianas fecharam o cerco à cidade de Fallujah, dominada pelo grupo terrorista autodenominado Estado Islâmico (EI), numa preparação para retomada do território localizado a oeste de Bagdá, capital do Iraque.

O major Dhia Thamir, comandante da operação, afirmou que o último batalhão chegou no acampamento Tariq na manhã deste domingo. O major não comentou quantos homens fazem parte da operação e nem o horário que pretendem iniciar a intervenção.

Desde que a operação começou há uma semana, oitenta por cento do entorno da cidade já foi retomado, afirmou o Thamir.

A cidade de Fallujah, a 65 quilômetros de Bagdá, é uma das últimas fortalezas do EI no Iraque. O grupo ainda controla áreas no Norte e Oeste do país, incluindo Mosul, a segunda maior cidade iraquiana. 

    Leia tudo sobre: estado islâmico