Tamanho do texto

Depois de liberar o consumo medicinal da droga, Ministério da Saúde colombiano autoriza a plantação para fins recreativos

Cultivo da Cannabis sativa é legalizado na Colômbia mediante autorização do Ministério da Saúde
Flickr
Cultivo da Cannabis sativa é legalizado na Colômbia mediante autorização do Ministério da Saúde


O Ministério de Saúde da Colômbia divulgou, nesta quinta-feira (19), os novos requisitos para os interessados no cultivo, comercialização ou exportação dos derivados da droga. Segundo autoridades colombianas, a medida tem como objetivo garantir a qualidade do produto, prevenir usos ilegais e verificar o propósito científico e medicinal dos produtores.

A primeira exigência é a realização do pedido da licença de cultivo. O procedimento é simples e gratuito – pode ser feito por meio de um formulário e da anexação de alguns documentos no site do Ministério. Sem a necessidade de intermediários, a resposta da solicitação leva até 30 dias para ser emitida.

Em 2015, o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, autorizou a regulamentação de produção, exportação e uso da droga para fins medicinais. Agora, o uso recreativo também está liberado mediante autorização oficial do governo colombiano.