Tamanho do texto

O bloco conseguiu 37 assentos, mas precisava de 40 para que tivesse uma maioria absoluta no parlamento iraniano

Hassan Rohani, presidente do Irã
UN Photo/Loey Felipe/ Fotos Públicas
Hassan Rohani, presidente do Irã

Os moderados iranianos e reformistas - que apoiam o presidente Hassan Rohani e o acordo nuclear fechado entre o país e potências mundiais - não conseguiram garantir a maioria, nas eleições parlamentares do segundo turno. Mas o bloco ainda vai manter o maior número de assentos, seguido pelos linhas-duras e pelos independentes.

A nova composição do Parlamento, que se reunirá no próximo mês, será muito mais amigável a Rouhani, porém os seus defensores terão de se aliar aos independentes, cujas opiniões variam a depender do assunto. Vale ressaltar ainda que o líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, continuará a ser o principal tomador de decisões no país.

Os moderados ou reformistas conquistaram 37 assentos. O bloco precisava de 40 para que tivesse uma maioria absoluta no Parlamento de 290 lugares.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.