Tamanho do texto

Com 101 delegados em jogo, Washington é o maior prêmio das disputas entre democratas deste sábado, que incluíram Havaí

Estadão Conteúdo

O pré-candidato democrata à presidência norte-americana discursa em estádio em Seattle
David Ryder/Reuters - 25.03.2016
O pré-candidato democrata à presidência norte-americana discursa em estádio em Seattle

Bernie Sanders venceu as prévias do Estado de Washington para a eleição presidencial dos EUA. Com 31% dos votos computados, o senador de Vermont já superava sua rival Hillary Clinton por 76% a 23,7%.

Foi a segunda vitória do dia do pré-candidato sobre a líder na disputa democrata à Casa Branca, nos três estados que realizam prévias neste sábado. Anteriormente, Sanders venceu no Alasca. O Havaí foi o terceiro estado a realizar prévias neste fim de semana, que também teve Bernie Sanders como vencedor. Com 88% das urnas apuradas, Sanders tinha 71% dos votos, enquanto Hillary tinha apenas 29%.

A vitória do senador em Washington significa que ele deve receber a maioria dos delegados do Estado, apesar de a contagem exata só poder ser conhecida nas próximas semanas.

Com 101 delegados em jogo, Washington é o maior prêmio das três disputas deste sábado. Sanders espera que os votos deste fim de semana deem a ele um impulso em seus esforços para chegar mais perto da líder Hillary.

O senador tem atraído um consistente apoio de eleitores liberais e de jovens. Boa parte de suas vitórias tem sido em Estados de maioria branca e em disputas no formato caucus, que tendem a atrair mais ativistas liberais democratas. As disputas deste sábado ocorreram no formato caucus, isto é, uma espécie de assembleia na qual os eleitores podem discutir antes de votar. Sanders já havia vencido em sete de nove caucus realizados até agora, enquanto Hillary tem tido melhor desempenho no modelo "primária".

Ainda assim, ela segue firme na frente. Hillary entrou nas prévias deste sábado com uma liderança de mais de 300 delegados em relação a Sanders. Ela tem 1.223, com base nas primárias; enquanto Sanders, pelo menos 929. Incluindo os superdelegados, ou autoridades do partido que podem apoiar qualquer candidato, ela tem pelo menos 1.692, ante os 958 de Sanders. São necessários 2.383 para vencer e disputar a Casa Branca.

A ferrenha disputa para tentar a presidência norte-americana:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.