Tamanho do texto

É a primeira vez que a ex-Secretária de Estado dos EUA vence o senador de Vermont na disputa que define quem defenderá o Partido Democrata na briga pelo cargo de Barack Obama

A ex-secretária de Estado sorri ao lado de eleitores após a confirmação da vitória deste sábado (20)
Divulgação - 20.02.2016
A ex-secretária de Estado sorri ao lado de eleitores após a confirmação da vitória deste sábado (20)

A ex-secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, venceu as primárias do Partido Democrata no estado de Nevada, neste sábado (20). Foi a primeira vez que a ex-primeira-dama derrotou o senador pelo estado de Vermont Bernie Sanders, que tem surpreendido por seu bom desempenho na briga entre os pré-candidatos. 

Antes mesmo do fechamento da contagem, Hillary já celebrava a vitória junto a seus eleitores. "Para todos os meus apoiadores, alguns podem ter duvidado de nós, mas nós nunca duvidamos uns dos outros. Esta é para vocês", escreveu ela em sua página no Twitter pouco antes de discursar diante de seus eleitores. "Nunca acreditei em dividir a América entre nós e eles. Estamos nesta juntos. Todos temos de fazer nossa parte."

De acordo com projeções da rede de notícias "CNN", com 72% dos votos apurados, Hillary tinha 52.2% do total contra 47.7% de Sanders. Nas prévias anteriores, a candidata sofreu uma derrota, em New Hampshire, e um empate, em Iowa. 

Conhecido por seu posicionamento bem mais radical à esquerda, o senador que se diz socialista, algo impensável para um candidato à presidência no país até pouco tempo atrás, também se pronunciou sobre o resultado. Ele afirmou ter orgulho da campanha feita em Nevada, que o fez quase dobrar seus votos em relação ao que mostravam as pesquisas preliminares.

bernie sanders - senador por vermont
Divulgação
bernie sanders - senador por vermont

"Há cinco semanas estávamos 25 pontos atrás e acabamos tendo um resultado bastante apertado", disse ele. "Estou orgulhoso por termos conseguido atrair tantos trabalhadores e jovens para o processo político."

Os pré-candidatos se preparam agora para o grande momento das primárias, a chamada Super-Terça, quando vários estados norte-americanos realizam eleições ao mesmo tempo – tanto do Partido Democrata quanto do Republicano. Neste ano, elas ocorrem em 1º de março. 

Antes disso, a Carolina do Sul recebe o quarto  caucus dos democratas, marcado para o próximo sábado (27). 

    Leia tudo sobre: donald trump

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.